Blog Archives

Entardecer

Caros, estou fazendo arte por encomenda, é só solicitar seu tema. Para facilitar o pagamento, estou aceitando cartão de crédito. Vamos em frente. Paz e Arte!

Título: Entardecer
aquarela e nanquim sobre papel
2017 © Lu Valença
Coleção Particular

entardecer

Réplicas

Réplicas esgotadas. (Em couchê fosco 260, tamanho A3, assinadas) Para ver o catálogo com obras disponíveis,acesse o link:

Galeria

Luciane conta um pouco sobre como a arte entrou em sua vida.

A exposição “Outopos”, em cartaz na Sala de Cultura Leila Diniz, tem autoria dos irmãos Carlos e Luciane Valença. Neste vídeo, Luciane conta um pouco sobre como a arte entrou em sua vida.
Para conferir o trabalho de Carlos e Luciane: a mostra vai até o dia 9 de dezembro de. O horário de visitação é de segunda à sexta-feira, das 10h às 17h, com entrada franca. Esperamos por sua visita!

Making of da Exposição Outopos

A montagem rolou entre os dias 3 e 4 de novembro na Sala de Cultura Leila Diniz. Com mais de 80 obras, Outopos abrirá as portas no dia 7 de novembro até o dia 9 de dezembro. Nossa utopia se materializou em cores, sentimentos e dedicação. É muito gratificante dividir esse momento com o meu irmão.

Que seja bom , que seja luz!

Paz e Arte!

É só a escuridão da incerteza do amanhã

Balance ilustrada pela poesia belíssima de Carlos Eduardo Leal.

balance-ass

Balance – aquarela sobre papel – ano 2016

Equilibrava-se sobre a tênue esperança guiado pela festa anterior.

Tinha a lua por companhia, mas era dela que sentia falta.

Dentro de si olhava para a lua

E pensava: Ela irá aparecer por detrás da nuvem rosa

Ela irá aparecer para me enfeitiçar

Se eu conseguir permanecer com os guizos de Arlequim

Ela virá cantando baixinho um jazz na madrugada dos meus sonhos.

Sim, ela virá depois da terceira onda deste azul que nos encobre.

Ela virá com seus olhos tristes

Então ela sorrirá porque eu beijarei a tristeza do olhar

Para que eles se abram prevendo que o frágil equilíbrio

É só a escuridão da incerteza do amanhã.

CEL/2016

O Sonho de Ares

Sonhei um Ares (deus da guerra) sonhando com a paz. A obra faz parte da série Outopos que estará na Sala de Cultura Leila Diniz a partir do dia 7 de novembro.

‘O Sonho de Ares’
aquarela s/papel
Série: Outopos
ano 2016

o-sonho-de-ares-ass

Freud

freud-por-luciane-valenca

‘Freud’
aquarela s/ papel
série: Outopos
ano 2016

Maternas

No xamanismo as árvores são chamadas de “O Povo em Pé”,  percebem as necessidades de todos os Filhos da Terra e se esforçam por atendê-las. Cada árvore e planta possui seus próprios dons, talentos e habilidades a serem compartilhados. Nos dão frutos, enquanto outras fornecem curas para distúrbios em nossos níveis emocionais ou físico, ensinam lições de como estarmos em harmonia com nós mesmos e com os outros, além de nos ensinar a obter uma mente silenciosa. Tais interpretações, nos remetem a uma atitude de respeito, da importância de cada indivíduo, nesse grande cosmos. De uma maneira quase intuitiva, sempre fiz a ligação entre árvores e mulheres. Como figuras maternas, as árvores em suas copas, abrigam bichos e pássaros, a sombra que nos fornecem para o descanso e alento. Selecionei 3 trabalhos para ilustrar a ligação de nós mulheres, mães, filhas e guerreiras com aquelas que mesmo sem a nossa percepção, nos inspiram desde o início dos tempos.

Fonte de pesquisa: O Poder das Árvores: O Povo em Pé

brumas-by-luciane-valenca-ass

Névoa | aquarela e posca sobre papel

midnight-ass

Midnight | aquarela, nanquim e posca sobre papel

invernal-by-luciane-valenca

Invernal | aquarela, nanquim e posca sobre papel

Lirismo

Um dos meus primeiros trabalhos em aquarela, ‘Lirismo’ e seus traços delicados em ambiente minimalista e iluminado com luz natural.

Para adquirir essa obra exclusiva ou fazer a encomenda personalizada para o seu projeto, faça contato: lucianevalenca@gmail.com

 

lirismo-composicao-luciane-valencalirismo-luciane-valenca

Signo e Ascendente

 

  • Trabalhos em nanquim e aquarela sobre papel;
  • Acabamento em moldura com vidro;
  • Dimensões 21cmx29,7cm
  • Informações: lucianevalenca@gmail.com

Reciclagem e Revitalização

Título: ‘Dom Quixote’ by Luciane Valença
Série: Utopia
Pintura em acrílica sobre tela descartada. Revitalização de paspatur e bastidor by Carlos Valença; Polimento e brilho da moldura by Luciane Valença
✔Obra disponível

Dom Quixote by Luciane Valença

Hinos Homéricos

Estou dando início a ilustração dos trinta e três hinos homéricos, de autoria anônima – que celebram várias divindades da mitologia grega –  uma coleção de hinos em grego, atribuídos à Homero. Contudo, os estudiosos admitem que os poemas foram escritos por diversos autores antigos de diferentes épocas e, mais amplamente, de regiões distintas entre si. A série referida fará parte da próxima exposição ‘Ou+Topos’, em que terei a imensa honra de dividir com meu irmão, Carlos Valença. Até lá muito estudo e imersão profunda, nesses mitos que causam fascínio até hoje.

Confira as primeiras obras:

Paz e Arte!

Noite de abertura

Confiram um pouco do que aconteceu durante o evento de abertura da exposição “Elas por Elas: As atletas brasileiras por nossas artistas”, realizado na última quarta-feira, dia 13 de julho, na Sala de Cultura Leila Diniz.

Mary Dalva Proença

Pioneira no esporte e primeira representante do Brasil na modalidade nos Jogos Olímpicos. Depois de Mary Dalva Proença, só tivemos representação feminina nos saltos depois de 60 anos com Juliana Veloso. Muito honrada em retratar esta atleta que nem uniforme tinha para competir. Como não encontrei registros fotográficos, quis dar essa visão lúdica e de superação.

Olimpíadas de Melbourne (Austrália) 1956

Desejos Inconscientes

Sonhos e abstrações

Adormecidos e despertos

Névoa

“É apenas isto: se você vai ser humano, tem um monte de coisas no pacote.
Olhos, um coração, dias e vida. Mas são os momentos que iluminam tudo.
O tempo que você não nota que está passando… é isso que faz o resto valer.” -Sandman

Nevoa por Luciane Valença

☆☆☆☆
》Título : Névoa | aquarela, grafite e posca sobre papel | Luciane Valença

Informações: lucianevalenca@gmail.com

Noturna

Título: ‘Noturna’
Técnica: acrílica s/tela painel
Dimensões: 60x60cm
《Luciane Valença – ano 2016》
Status: Obra à venda
Informações : lucianevalenca@gmail.com

Noturna por Luciane Valença

 

Sonho

Título: ‘Sonho’
Técnica: acrílica e óleo s/tela painel
Dimensões: 40x30cm
《Luciane Valença – ano 2016》
Status: Obra à venda
Informações inbox ou lucianevalenca@gmail.com

Sonho por Luciane Valença

Delivery

Título: ‘Delivery’
Técnica: acrílica s/ tela
Dimensões: 55x46cm
Luciane Valença / 2016
Status: Obra à venda
Informações: lucianevalenca@gmail.com

Delivery

Luciane Valença

Luciane Valença

Luciane Valença is part of the new generation of artists niteroienses that has been gaining strength everywhere and doing a job that is a pleasure to see. The independent scene is growing every day with quality work in music, handicrafts, gastronomy and the arts. Our thing. Our people. Silver home.

Born in Niterói in 1975, designer, visual artist and illustrator Luciane Valença works with visual communication for over 15 years. Founder of Atelier Valença & Arts, along with his brother, artist and restorer Carlos Valença, has been highlighted in the national art scene with a unique style. His influences, noticeable in his features, go through Art Nouveau, Futurism and Surrealism, creating a unique style.

Always mixing the same brush stroke in tints that seem to not have a beginning or end, marked by strong lines and contrasts of light and tones. Figurations and stories that invite us to a fantastic reality of a very particular world, of plastic beauty with depth, proposing a reflection on the emotions, daily life and psyche.

Valença brings to lovers of good painting aged news arising from inspirations, aspirations, desires, quirks and own emotions. It is part of a generation of talented artists willing to indulge in aesthetic revolution with sole intent to demolish the convenience in creation. There is color in Niteroi. And you could not even leave to get close!]

LUCIANE VALENÇA

email: lucianevalenca@gmail.com

Instagram – luvalenca

Facebook – http://www.facebook.com/lucianevalencaarts

 

 

Entrevista

Entrevista gravada em abril de 2016, com a artista visual Luciane Valença. Apresentação de Renata Palmier para a Unitevê, da Universidade Federal Fluminense e TV O FLU.
Assista  no YouTube.

Extraordinárias

Um pequeno recorte da série “Extraordinárias” que começou a tomar forma e que mais uma vez  a exemplo de “Poéticas”, exalta a mulher. Continuo utilizando a aquarela e o nanquim, com tons e traços mais fortes. Ainda não esgotei todas as possibilidades de ambos. Espero que vocês apreciem e comentem. Paz e Arte!

 

No mês da mulher, Luciane Valença expõe ‘Poéticas’, pinturas com temática feminina

exposição Luciane Valença

A nudez da alma feminina, na arte escrita, falada e visual, percorre ao longo da história uma trajetória que causa profundo interesse e mistério. O desvelamento desse universo feminino, tão exaltado, cantado, poetizado e colorido, ainda esconde nuances sutis que nos brindam com novos encantamentos. Na mostra “Poéticas”, em cartaz de 1º a 30 de março das 10h às 19h no bistrô Maison Vitalité (Rua Dr. Celestino nº 122 cobertura 1406, centro de Niterói), a artista plástica Luciane Valença debruça-se na essência de seu próprio feminino.

Musas, deusas, heroínas e amantes ilustram as múltiplas faces que definem a lapidação única da joia que compõe cada mulher. Em uma sociedade onde muitas vezes se veem os papéis trocados ou velados, a necessidade de uma essência feminina nos convoca a um resgate que reafirme essas características. A mulher aguerrida, romântica, que sofre e conquista, é valorizada em todas as suas faces nos traços de Luciane Valença, marcando o valor e o direito de ser mulher em toda a sua plenitude.

Luciane Valença II

Sobre a artista – Designer, artista visual e ilustradora, a niteroiense Luciane Valença tem 41 anos e trabalha com comunicação visual há mais de 15 anos. Fundou o Atelier Valença & Arts com o irmão, artista plástico e restaurador Carlos Valença. Suas influências, perceptíveis em seus traços, passam pelo Art Noveau, Futurismo e Surrealismo, criando um estilo único. Figurações e histórias que nos convidam a uma realidade fantástica de um mundo muito particular.

Exposição Poéticas
de 1 a 30 de março
Horário de visita: de 2ª a 6ª das 10h às 19h
Local:  Bistrô Maison Vitalité

Rua Dr. Celestino 122 cobertura 1406 – Centro, Niterói.
(Edifício iOffices, em frente à Sociedade Fluminense de Fotografia)

Pés, para que os quero, se tenho asas para voar?

“Pés, para que os quero, se tenho asas para voar?”
– Frida Kahlo
(“Asas Para Kahlo” por Luciane Valença – lápis de cor sobre canson)
Série: PoéticasFrida Kahlo Luciane Valença

A celebração e preservação da natureza

Posso dizer que este trabalho é um divisor de águas, não por uma maturidade artística, estou longe disso. Mas por uma busca incessante por cores, formas, traços e expressões. De momentos de contemplação pelas copas das árvores em contraste com o céu, ou mesmo pela angústia que me causa a depredação da natureza. Tenho a certeza de que estamos ligados, que somos universos particulares, completos, dentro de um universo maior que é a vida.

Não existem dois seres iguais. Cada ser humano possui um corpo diferente do outro. Temos uma espinha que lembra um tronco, braços que parecem galhos, e cabelos que lembram folhas. Crescemos em direção à luz, da mesma forma que os galhos da árvore esticam-se em direção ao Sol.  Caminhamos sobre duas pernas e vemos muitas coisas, ao passo que nossas irmãs árvores, fixas em um só lugar, recebem alimentação da Mãe Terra constantemente, para que possam repassar aos outros tudo aquilo que recolhem.

O silêncio, o jogo de luzes e sombras, os sons misteriosos criados pelo vento, o ar que respiramos ou os movimentos dos animais criam o cenário perfeito para o intercâmbio entre os homens e os espíritos da natureza. Da contemplação, da energia, da força, da memória afetiva, assim nasceu Cósmicas.

O mundo está repleto de presentes que nos foram concedidos pela natureza.

Celebre e Preserve!

Exposição “Cósmicas”
Instituto Cultural Germânico
Avenida Sete de Setembro, 131
Icaraí / Niterói
Visitação: de 03/07 a 01/08
o Sábados das 11:00 às 16:00
o Segundas, Terças, Quartas, Quintas e Sextas das 15:00 às 20:00
Informações: (21) 2714 – 0879 / galeria@icgermanico.com.br
 

A paixão é o amor que oscila entre o real e o ilusório.

A paixão é o amor que oscila entre o real e o ilusório. Emoção intensa, um entusiasmo ou um desejo sobre qualquer coisa. O termo também é aplicado com frequência para determinar um vívido interesse ou admiração por um ideal, causa ou atividade. Em suma, é um sentimento de excitação incomum ou de forte emoção. Na série que passa por personagens da mitologia grega empreguei cores quentes em contraste com o preto, a cor que na minha concepção é a mais generosa para ressaltar todas as outras. Todas as ilustrações foram executadas com nanquim/ posca e estão disponíveis para venda no tamanho 29,7 X 21cm em couchê180gm².

Contato e encomendas: lucianevalenca@gmail.com

Paz e Arte!

Dríade by Luciane Valença Eudora by Luciane Valença Êxtase by Luciane Valença Musa do Poeta by Luciane Valença Perséfone by Luciane Valença Zeus e Hera by Luciane Valença

CATÁLOGO EXPOSIÇÃO “MAIS AMOR, POR FAVOR”

Luciane Valença

Faça o download do catálogo das obras da série “Mais Amor, Por Favor”, em exposição no Espaço CDN de Artes. Para saber condições de pagamento, entre em contato através de arteluciane@gmail.com ou pelo whatsapp +55 21 981401850.

CATALOGO LUCIANE VALENÇA

Endereço Espaço CDN de Artes ( Centro de Dança Niterói)

Rua Mém de Sá, nº 79 – térreo

Icaraí – Niterói – Rio de Janeiro

Visitação : de 2ª a 6ª das 8h às 22h

Transpiração & Contemplação

As árvores em muitas culturas são carregadas de simbolismo e religiosidade. Para a cultura Maia ela representava a Via Láctea através da Árvore do Mundo,  símbolo maia da criação e da organização da ordem do mundo com os dias e as noites, os astros como o Sol, a Lua e a Via Láctea.

Para além destes exemplos a Árvore da Vida é encontrada em diversas representações visuais e nos mais diversos nomes em diversos lugares e períodos da civilização humana, seja no Egito Antigo, na Mesopotâmia, Grécia, Índia, Escandinávia, China, Indonésia. Na maioria dos casos relacionada a psique e ao divino.  

Frutos, sombra, água, madeira, borracha e a majestosa variedade de tons em suas copas sempre me tomaram muito tempo de contemplação . Mais do que nunca, devemos preservar e educar nossas crianças para que os mesmos erros não sejam cometidos. As senhoras árvores merecem todo o nosso respeito e reverência!

Apresento um pouquinho da série que começa a nascer “Transpiração e Contemplação”.

Paz e Arte!

Tempo Aconchego Cósmica Essência

caminhada Luciane Valença - Sombra e Consolo

Luciane Valença

A Nudez da Alma Feminina

CAPA_FEMME

A nudez da alma feminina, na arte escrita, falada e visual, percorre ao longo da história uma trajetória que causa profundo interesse, enigma e mistério. O desvelamento desse universo feminino, tão exaltado, cantando, poetizado e colorido, ainda esconde nuances sutis que nos brindam com novos encantamentos.

A_HORA_DA_ESTRELA

Em Femme Literatus, a artista Luciane Valença debruça-se na essência de seu próprio feminino e assimila fontes de inspiração de outros artistas renomados, que contam sobre o “ser mulher”.

Ana Terra   Rainha Margot

Musas, deusas, heroínas, governantes e amantes ilustram as múltiplas faces que definem a lapidação única dessa joia feminina, que compõe cada mulher. Em uma sociedade em que muitas vezes se veem os papéis trocados ou velados, a necessidade de uma essência feminina nos convoca a um resgate que reafirme essas características.


Tereza de Jorge Amado Nástienka by Lu Valença

A mulher aguerrida, romântica, que sofre e conquista, é valorizada em todas as suas faces no traço de Luciane Valença. Porque o “ser mulher” é compor-se única, em suas múltiplas faces.

helena

Traços que marcam o valor e o direito de ser mulher em toda a sua plenitude.

Paula Muniz

Psicanalista e Mestre em Saúde Coletiva

Revisão : Gustavo Damasceno

Série : Femme Literatus
ilustrações em nanquim
Copyright © 2014 Lu Valença

On Skin: Nós somos feitos do tecido de que são feitos os sonhos.

On Skin (óleo/acrílica/spray sobre placa de madeira 110x49cm by Lu Valença)

“Nós somos feitos do tecido de que são feitos os sonhos.”

“We are such stuff as dreams are made on.”

William Shakespeare

Não é sempre que lembro de fazer o registro do processo criativo da minhas obras, mas em “On Skin”, fotografei algumas fases. Obra inspirada na teoria triangular do amor, que é uma teoria do amor desenvolvida pelo psicólogo Robert Sternberg. No contexto das relações interpessoais, “os três componentes do amor, de acordo com a teoria triangular, são a intimidade, paixão e compromisso.”

On Skin (óleo/acrílica/spray sobre placa de madeira 110x49cm by Lu Valença) On Skin (óleo/acrílica/spray sobre placa de madeira 110x49cm by Lu Valença) On Skin (óleo/acrílica/spray sobre placa de madeira 110x49cm by Lu Valença) On Skin (óleo/acrílica/spray sobre placa de madeira 110x49cm by Lu Valença)

A intimidade engloba os sentimentos de apego, proximidade e vínculo; a paixão engloba o sentimento conecto e atração sexual; e o compromisso engloba a decisão de permanecer com outra pessoa, e a longo prazo, o compartilhamento das conquistas e planos com tal.

“A quantidade de amor experienciada depende da força absoluta de tais componentes, e o tipo de amor experienciado depende das forças relativas ao outro.”  Diferentes estágios e tipos de amor podem ser explicados como diferentes combinações dos três elementos; por exemplo, a ênfase relativa em cada componente muda com o tempo como uma relação romântica se desenvolve. Um relacionamento baseado em um único elemento tem menos probabilidade de sucesso do que aquele baseado em dois ou três elementos.” 

Passion / On Skin

Uma foto com as duas faces lado a lado do divisor de ambientes “Passion / On Skin”. Obra realizada em dois momentos 2010 e 2014.
(óleo/acrílica/spray sobre placa de madeira 110x49cm by Lu Valença)
Obra à venda
Valor sob consulta

Afetos: do grão ao fruto

O amor pode ser entendido de diferentes formas, e tomado por certo conquanto é um sentimento, dessa forma é abstrato, sem forma, sem cor, sem tamanho ou textura. Mas é por si só: O sentimento em excelência; o que quer dizer que é o sentimento primário e inicial de todo e cada ser humano, animal ou qualquer outro ser dotado de sentimentos e capacidade de raciocínio natural.

Todos carecem de amor e querem reconhecer esse sentimento em si e nos outros, não importando idade ou sexo. O amor é vital para nossas vidas como o ar, e é notoriamente reconhecido que sem amor a criatura não sobrevive conquanto o amor equilibra e traz a paz de espírito quando é necessário.

afetos do grão ao frutoafetos do grão ao fruto detalhe

Título: “Afetos: do grão ao fruto”
Autor: Lu Valença
Técnica: acrílica e pasta sobre tela painel
Dimensões: 50 x 40cm
Ano: 2014

%d bloggers like this: