Blog Archives

Abertura de Outopos

exposicao-outopos-abertura-25

Foto: Paulo Roberto Cecchetti

Nossos sinceros agradecimentos aos nossos apoiadores: Beira Mar, Café Gourmet, Escritores ao Ar Livro, Jornal O Fluminense e a PM de Niterói. Nossa gratidão a Sala de Cultura Leila Diniz e a Imprensa Oficial por nos receber com tanto carinho e respeito!
Outopos ficará em cartaz até 9 de dezembro, de segunda a sexta das 10h às 17h.
Entrada Franca

 

Advertisements

Sala de Cultura Leila Diniz traz exposição sobre utopia

Os artistas plásticos Carlos Valença e Luciane Valença nos convidam para um mergulho entre mundos paralelos

ima-ass

Imã | aquarela, nanquim e posca sobre papel

Utopia é a ideia de civilização ideal, fantástica e imaginária. É um sistema ou plano que parece irrealizável, uma fantasia, um devaneio, uma ilusão, um sonho.  Carlos e Luciane Valença nos propõe um paralelo entre a realidade e possíveis mundos, existentes no imaginário coletivo e nos sonhos particulares de cada um de nós.

carlos-valenca-quadros-outopos-2

Do grego “ou+topos” que significa “lugar que não existe”, os irmãos estabeleceram o ponto de partida para a construção da Exposição Outopos, especialmente pensada, para a comemoração dos 6 anos da fundação do Atelier  Valença & Arts. Um mergulho em mundos paralelos, distintos entre si, que encontram convergência na arte e na busca pelo ideal de cada um de nós. Mudando de uma linha do tempo para outra, vivendo assim várias vidas, escolhas, relações, a partir de uma única existência.
carlos-valenca-quadros-outopos-13

Outopos é o registro de que é preciso sonhar. Que com os sonhos, começamos a construir caminhos, histórias, vidas. E que a consequência dessas realizações, interfere em todas as nossas conexões. Venha viajar através de figuras e abstrações a partir do dia 7 de novembro a 9 de dezembro, na Sala de Cultura Leila Diniz, que em outras ocasiões recebeu exposições individuais dos dois artistas.

afrodite-ass

Afrodite | aquarela e nanquim sobre papel

 

SERVIÇO

Exposição OuTopos

Data: 07/11/2016 a 9/12/2016

Horario: Seg a sex, 10h às 17h

Local: Sala de Cultura Leila Diniz

Endereço: Sala de Cultura Leila Diniz, na Rua Heitor Carrilho, nº 81 – Centro de Niterói/RJ

Entrada gratuita.

convite-exposicao-outopos

 

Boas energias pra sua casa

“Disciplina é liberdade;

Compaixão é fortaleza;

Ter bondade é ter coragem.”

– Renato Russo

francisco-ass

Francisco | aquarela sobre papel

Informações sobre originais e réplicas: lucianevalenca@gmail.com

Inspirações da semana

Começando a semana com muitas cores e inspirações!

dom quixote por Luciane Valença

‘Dom Quixote’
acrílica s/tela – 68x78cm c/moldura
Luciane Valença
2016
Obra disponível

Inspirações para o colorido de “Dom Quixote’

Aquarelas disponíveis e sugestões de ambientes

A arte leva personalidade e leveza para a sua casa. Entre em contato: lucianevalenca@gmail.com

Hinos Homéricos

Estou dando início a ilustração dos trinta e três hinos homéricos, de autoria anônima – que celebram várias divindades da mitologia grega –  uma coleção de hinos em grego, atribuídos à Homero. Contudo, os estudiosos admitem que os poemas foram escritos por diversos autores antigos de diferentes épocas e, mais amplamente, de regiões distintas entre si. A série referida fará parte da próxima exposição ‘Ou+Topos’, em que terei a imensa honra de dividir com meu irmão, Carlos Valença. Até lá muito estudo e imersão profunda, nesses mitos que causam fascínio até hoje.

Confira as primeiras obras:

Paz e Arte!

Elas por Elas

Convite

Maria Esther Bueno, Aída dos Santos, Marta Vieira, Maria Lenk, Daiane dos Santos. Ao ler esses nomes, vem instantaneamente o mesmo pensamento a cabeça: todas são atletas brasileiras. Porém, o artista e curador Zé Roberto Graúna saiu do senso comum e as enxergou muito além de suas habilidades como esportistas. É exatamente isso que ele se propõe a mostrar em “Elas por Elas: As atletas brasileiras por nossas artistas”, a próxima exposição da Sala de Cultura Leila Diniz.

No clima dos Jogos Olímpicos Rio-2016, a mostra, que vai do dia 13 de julho a 11 de agosto, reunirá 45 obras que buscam representar as atletas brasileiras através do olhar de nossas artistas. Além de 38 atletas que fizeram história, a árbitra de futebol Asaléa dos Santos e a jornalista Marilene Dabus, terão suas trajetórias e seu desenvolvimento no cenário esportivo representados através de caricaturas, ilustrações, esculturas e cartuns por diversas mulheres artistas de diferentes regiões do Brasil. “Elas por Elas” é a visão da arte feminina na participação da mulher no esporte nacional.

A mostra conta com obras de 45 artistas. São elas: Ana Cristina Maciel, Andréa Stelling, Camilla Sanpe, Carla Guidacci, Carnelós, Cida Calu, Claudia Kfouri, Daiana Oliveira, Dária Lorena, Deborah Trindade, Fani Loss, Fernanda Ambrosio, Flávia Pina, Gisele Henriques, Janaina Bruno, Juliana Colombo, Kamilla Pavão, Lidiane Dias, Lidiane Dutra, Lili Detoni, Liliana Ostrovsky, Liz Minelli, Lorena Kaz, Lu Martins, Lu Valença, Luciana Oliveira, Márcia d’Haese, Marcia Mendes, Maria Rita, Maryangela, Meiriele de Medeiros, Mika, Mônica Fuchshuber, Nat Forcat, Nice Lopes, Noelle Porto, Patricia Brasil, Rosali Colares, Rosalina Brito, Sahar Ansari, Shirley Fontoura, Suélen Becker, Verônica Saiki, Vick Mattias e Yara Souza.

O evento de abertura da exposição acontecerá no dia 13 de julho, às 18h, na Sala de Cultura Leila Diniz. A entrada é GRATUITA! 

Cultura Leila Diniz

Rua Professor Heitor Carrilho, 81, 24.030-230 Niterói

Sonho

Título: ‘Sonho’
Técnica: acrílica e óleo s/tela painel
Dimensões: 40x30cm
《Luciane Valença – ano 2016》
Status: Obra à venda
Informações inbox ou lucianevalenca@gmail.com

Sonho por Luciane Valença

Extraordinárias

Um pequeno recorte da série “Extraordinárias” que começou a tomar forma e que mais uma vez  a exemplo de “Poéticas”, exalta a mulher. Continuo utilizando a aquarela e o nanquim, com tons e traços mais fortes. Ainda não esgotei todas as possibilidades de ambos. Espero que vocês apreciem e comentem. Paz e Arte!

 

Uma visita muito especial

Com um enorme atraso estou postando aqui no blog algumas fotos da visita mediada da Escola Golfinho Feliz na Exposição Cósmicas. Uma experiência singular, onde as crianças fizeram desenhos inspirados nas minhas obras e que ficaram expostos no Instituto Cultural Germânico até o término da exposição.

A criança é o nosso estado natural.

20150713_141933 20150713_142139 20150713_142149 20150713_142823 20150713_143304 20150713_143901 20150713_144510 20150713_144758 20150713_182709 20150713_18275610981959_491108124386474_8249559235954979002_n 11222813_491108114386475_472833209807762224_n 11745350_491034871060466_1596508210657737937_n

Julho/2015

A celebração e preservação da natureza

Posso dizer que este trabalho é um divisor de águas, não por uma maturidade artística, estou longe disso. Mas por uma busca incessante por cores, formas, traços e expressões. De momentos de contemplação pelas copas das árvores em contraste com o céu, ou mesmo pela angústia que me causa a depredação da natureza. Tenho a certeza de que estamos ligados, que somos universos particulares, completos, dentro de um universo maior que é a vida.

Não existem dois seres iguais. Cada ser humano possui um corpo diferente do outro. Temos uma espinha que lembra um tronco, braços que parecem galhos, e cabelos que lembram folhas. Crescemos em direção à luz, da mesma forma que os galhos da árvore esticam-se em direção ao Sol.  Caminhamos sobre duas pernas e vemos muitas coisas, ao passo que nossas irmãs árvores, fixas em um só lugar, recebem alimentação da Mãe Terra constantemente, para que possam repassar aos outros tudo aquilo que recolhem.

O silêncio, o jogo de luzes e sombras, os sons misteriosos criados pelo vento, o ar que respiramos ou os movimentos dos animais criam o cenário perfeito para o intercâmbio entre os homens e os espíritos da natureza. Da contemplação, da energia, da força, da memória afetiva, assim nasceu Cósmicas.

O mundo está repleto de presentes que nos foram concedidos pela natureza.

Celebre e Preserve!

Exposição “Cósmicas”
Instituto Cultural Germânico
Avenida Sete de Setembro, 131
Icaraí / Niterói
Visitação: de 03/07 a 01/08
o Sábados das 11:00 às 16:00
o Segundas, Terças, Quartas, Quintas e Sextas das 15:00 às 20:00
Informações: (21) 2714 – 0879 / galeria@icgermanico.com.br
 

CATÁLOGO EXPOSIÇÃO “MAIS AMOR, POR FAVOR”

Luciane Valença

Faça o download do catálogo das obras da série “Mais Amor, Por Favor”, em exposição no Espaço CDN de Artes. Para saber condições de pagamento, entre em contato através de arteluciane@gmail.com ou pelo whatsapp +55 21 981401850.

CATALOGO LUCIANE VALENÇA

Endereço Espaço CDN de Artes ( Centro de Dança Niterói)

Rua Mém de Sá, nº 79 – térreo

Icaraí – Niterói – Rio de Janeiro

Visitação : de 2ª a 6ª das 8h às 22h

On Skin: Nós somos feitos do tecido de que são feitos os sonhos.

On Skin (óleo/acrílica/spray sobre placa de madeira 110x49cm by Lu Valença)

“Nós somos feitos do tecido de que são feitos os sonhos.”

“We are such stuff as dreams are made on.”

William Shakespeare

Não é sempre que lembro de fazer o registro do processo criativo da minhas obras, mas em “On Skin”, fotografei algumas fases. Obra inspirada na teoria triangular do amor, que é uma teoria do amor desenvolvida pelo psicólogo Robert Sternberg. No contexto das relações interpessoais, “os três componentes do amor, de acordo com a teoria triangular, são a intimidade, paixão e compromisso.”

On Skin (óleo/acrílica/spray sobre placa de madeira 110x49cm by Lu Valença) On Skin (óleo/acrílica/spray sobre placa de madeira 110x49cm by Lu Valença) On Skin (óleo/acrílica/spray sobre placa de madeira 110x49cm by Lu Valença) On Skin (óleo/acrílica/spray sobre placa de madeira 110x49cm by Lu Valença)

A intimidade engloba os sentimentos de apego, proximidade e vínculo; a paixão engloba o sentimento conecto e atração sexual; e o compromisso engloba a decisão de permanecer com outra pessoa, e a longo prazo, o compartilhamento das conquistas e planos com tal.

“A quantidade de amor experienciada depende da força absoluta de tais componentes, e o tipo de amor experienciado depende das forças relativas ao outro.”  Diferentes estágios e tipos de amor podem ser explicados como diferentes combinações dos três elementos; por exemplo, a ênfase relativa em cada componente muda com o tempo como uma relação romântica se desenvolve. Um relacionamento baseado em um único elemento tem menos probabilidade de sucesso do que aquele baseado em dois ou três elementos.” 

Passion / On Skin

Uma foto com as duas faces lado a lado do divisor de ambientes “Passion / On Skin”. Obra realizada em dois momentos 2010 e 2014.
(óleo/acrílica/spray sobre placa de madeira 110x49cm by Lu Valença)
Obra à venda
Valor sob consulta

Afetos: do grão ao fruto

O amor pode ser entendido de diferentes formas, e tomado por certo conquanto é um sentimento, dessa forma é abstrato, sem forma, sem cor, sem tamanho ou textura. Mas é por si só: O sentimento em excelência; o que quer dizer que é o sentimento primário e inicial de todo e cada ser humano, animal ou qualquer outro ser dotado de sentimentos e capacidade de raciocínio natural.

Todos carecem de amor e querem reconhecer esse sentimento em si e nos outros, não importando idade ou sexo. O amor é vital para nossas vidas como o ar, e é notoriamente reconhecido que sem amor a criatura não sobrevive conquanto o amor equilibra e traz a paz de espírito quando é necessário.

afetos do grão ao frutoafetos do grão ao fruto detalhe

Título: “Afetos: do grão ao fruto”
Autor: Lu Valença
Técnica: acrílica e pasta sobre tela painel
Dimensões: 50 x 40cm
Ano: 2014

Exposição Mais Amor, Por Favor de Lu Valença

guia de niteróijornal o globo mais amorestela prestesdiz jornalobras de arte

Espaço CDN de Artes traz exposição sobre Amor

convite_lu

A artista plástica Lu Valença nos convida para uma viagem ao universo amoroso, com a Exposição Mais Amor, Por Favor.

“O amor é vital para nossas vidas como o ar, e é notoriamente reconhecido que sem amor a criatura não sobrevive. Falo do amor das mais diversas formas: amor físico, amor platônico, amor materno, amor à vida.” conta Lu.

Lu Valença expõe suas obras no Espaço CDN de Artes, no período de 18 de outubro a 18 de dezembro. Na exposição “Mais Amor, Por Favor”, ela busca dialogar com o público sobre a importância do amor em nosso equilíbrio.

Suas obras carregam uma profundidade que nos leva a refletir acerca das emoções, das relações, e da busca do amor como caminho para a felicidade. Através de sua exposição, ela espera atingir o público e incentivá-lo a pensar sobre as diferentes formas de amor e sua universalidade.

A abertura da exposição será no dia 18 de outubro às 19h e contará com performance de Gabriel Bellas e canções interpretadas por Martinha & Trio.

Serviço:
Vernissage: 18 de outubro às 19h (término às 22h)
Visitação: até 18 de dezembro
Dias e Horários: de 2ª a 6ª das 8h às 11h e 14h às 22h
sábado das 11h às 20h (sábado)
Local: Centro de Dança Niterói
Rua Mem de Sá, nº79 – Térreo / Icaraí
ENTRADA FRANCA

Sobre Lu Valença:

http://instagram.com/luvalenca/
https://lucianevalencaarts.wordpress.com/
https://www.facebook.com/lucianevalencaarts

Sala de Cultura Leila Diniz traz exposição sobre autoconhecimento

Sala de Cultura Leila Diniz traz exposição sobre autoconhecimento
A artista Luciane Valença nos convida a olhar o espelho e refletir sobre o que somos

Lu ValençaA arte é um retrato do seu artista. É isso que diz Luciane Valença, que expõe suas obras na Sala de Cultura Leila Diniz de 5 a 29 de agosto. Na exposição “Sinuoses”, ela busca dialogar com o público sobre autoconhecimento, solidão, pensar e sentir.
“É um trabalho ligado ao momento. Falo sobre solidão, silêncio e introspecção. Para mim, é um tratamento através da arte”, conta Luciane.

Em suas pinturas, a artista utiliza elementos mínimos, simples, uma forma de arte minimalista. Figuras, rostos e fragmentos, como um olho ou uma boca, ou até mesmo dois rostos que misturam o mesmo traço do pincel em matizes que parecem não ter um começo ou fim. Sua arte é analítica: através da figuração, representa emoções e paixões viscerais.

Suas obras carregam uma profundidade que nos leva a refletir acerca das emoções, do cotidiano, de tudo que faz parte do nosso psiqué. As influências perceptíveis em seus traços decorrem de um estilo de vida, influências culturais e, sobretudo, sensibilidade. Os artistas que inspiram Luciane são Van Gogh, Gustave Doré, Frida Kahlo, Rembrandt e Caravaggio. Através de sua exposição, ela espera atingir o público e incentivá-lo ao autoconhecimento.

“Espero passar que existem vários caminhos, e cada um busca a sua forma de ser feliz. Somos o resultado de nossas decisões”.

SINUOSES
Serviço
Exposição Sinuoses
Local: Sala de Cultura Leila Diniz
Endereço: Rua Professor Heitor Carrilho 81, Centro de Niterói.
Data: 5 a 29 de agosto
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 10h às 17h.
ENTRADA FRANCA

%d bloggers like this: