Blog Archives

A Alma é Carmim

Voltei ao PB com detalhes em cor, um descanso para os meus olhos.

ALMA

“Alma”
nankin, aquarela e posca sobre papel aquarela 300g/m²
status: disponível

 

 

 

carmim

“Carmim”
nankin, aquarela e posca sobre papel aquarela 300g/m²
status: disponível

Advertisements

Luciane conta um pouco sobre como a arte entrou em sua vida.

A exposição “Outopos”, em cartaz na Sala de Cultura Leila Diniz, tem autoria dos irmãos Carlos e Luciane Valença. Neste vídeo, Luciane conta um pouco sobre como a arte entrou em sua vida.
Para conferir o trabalho de Carlos e Luciane: a mostra vai até o dia 9 de dezembro de. O horário de visitação é de segunda à sexta-feira, das 10h às 17h, com entrada franca. Esperamos por sua visita!

Maternas

No xamanismo as árvores são chamadas de “O Povo em Pé”,  percebem as necessidades de todos os Filhos da Terra e se esforçam por atendê-las. Cada árvore e planta possui seus próprios dons, talentos e habilidades a serem compartilhados. Nos dão frutos, enquanto outras fornecem curas para distúrbios em nossos níveis emocionais ou físico, ensinam lições de como estarmos em harmonia com nós mesmos e com os outros, além de nos ensinar a obter uma mente silenciosa. Tais interpretações, nos remetem a uma atitude de respeito, da importância de cada indivíduo, nesse grande cosmos. De uma maneira quase intuitiva, sempre fiz a ligação entre árvores e mulheres. Como figuras maternas, as árvores em suas copas, abrigam bichos e pássaros, a sombra que nos fornecem para o descanso e alento. Selecionei 3 trabalhos para ilustrar a ligação de nós mulheres, mães, filhas e guerreiras com aquelas que mesmo sem a nossa percepção, nos inspiram desde o início dos tempos.

Fonte de pesquisa: O Poder das Árvores: O Povo em Pé

brumas-by-luciane-valenca-ass

Névoa | aquarela e posca sobre papel

midnight-ass

Midnight | aquarela, nanquim e posca sobre papel

invernal-by-luciane-valenca

Invernal | aquarela, nanquim e posca sobre papel

Justiça na Capa

Deusa Têmis by Luciane Valença

‘Têmis’ by Luciane Valença (aquarela sobre papel) Jul/2016

“Está curiosa? A nossa editora executiva, Ana Karla Gomes, conta o significado da capa dessa edição superespecial da nossa revista impressa:

Pelas mãos da talentosa artista plástica Luciane Valença, ilustramos nossa “embalagem” com traços de personalidade. O sol e a noite simbolizam a transparência e luz que a justiça deve trazer. Os pássaros simbolizam o direito à liberdade, a espada e a balança a iconografia do mito. Os cabelos rubros fazem alusão à cor do direito, que é o vermelho. As cores no fundo simbolizam a suavidade e diversidade das mulheres. Tudo profundo, tudo intenso, tudo inteiro. Bem como a resistência feminina tem que ser.
Observem e admirem à vontade. Essa arte é das senhoras.”

capa-revista-observarorio-feminino-deusa-temis

Fonte: Observatório Feminino

%d bloggers like this: